Doenças dentárias: por que os cuidados básicos são fundamentais?

outubro 4, 2018

É fato que os tratamentos odontológicos avançaram muito nas últimas décadas, diminuindo o sofrimento causado pelas doenças dentárias. Devido a esses avanços, muitas pessoas começaram a negligenciar sua saúde bucal, acreditando que os cuidados mais simples e cotidianos devem ser deixados de lado. Trata-se de um grande erro que pode custar caro à saúde do paciente.

Para ajudá-lo a entender a importância de incluir hábitos de saúde bucal à sua rotina, preparamos este artigo que explica porque atitudes simples fazem a diferença quando o assunto é a prevenção das doenças dentárias.

Trocar a escova de dente reduz a placa bacteriana

Dentistas recomendam que a escova de dente seja trocada a cada três meses. Isso é necessário porque ao apresentar desgaste, a escova perde sua capacidade de eliminar resíduos, contribuindo para o surgimento da placa bacteriana.

Por isso, mesmo que você escove seus dentes regularmente, a higiene da sua boca pode estar comprometida devido ao desgaste de sua escova. É importante salientar que a incidência de cáries está associada ao acúmulo de placa bacteriana.

Usar o fio dental é muito importante

O acúmulo de alimentos entre os dentes sempre causou mal-estar nas pessoas. Antigamente, esse problema era solucionado com o uso dos palitos de dentes. No entanto, esses objetos causavam grandes estragos na boca dos indivíduos, pois podiam quebrar os dentes, machucar as gengivas ou causar aftas na boca.

Atualmente, a maioria das pessoas deixou de usar os palitos de dente, substituindo-os pelo fio dental. Essa mudança é saudável porque o fio dental consegue retirar resíduos de alimentos de áreas inalcançáveis durante a escovação.

Dessa forma, reduz-se o mau hálito causado pela decomposição desses alimentos, pois eles deixam de sofrer com a ação bacteriana. Além disso, diminuem-se as chances de cáries e outras doenças dentárias.

Visitar regulamente o dentista é muito importante

Visitas ao consultório odontológico estão se tornando mais comuns, mas elas ainda são motivadas pela busca por tratamentos estéticos, como a implantação de próteses ou a realização de clareamentos, por exemplo.

Todavia, é importante se lembrar que incluir visitas regulares ao dentista faz parte dos cuidados básicos com a saúde, independentemente da idade do paciente.

Doenças graves, como a Leucemia, apresentam sintomas na boca do doente, como inchaços na região gengival. Já um paciente anêmico pode notar um aspecto liso em sua língua. A Sífilis, uma das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) mais comuns no Brasil, também pode ser diagnosticada devido aos danos que causa na boca do paciente  — ela causa uma ferida na boca que demora para cicatrizar.

Como vimos, a saúde bucal não está excluída do resto do corpo humano. Visitar um dentista deve ser entendido como um cuidado básico de prevenção para alcançar uma saúde plena.

Aplicação de Flúor deve ser feita a cada 6 meses

Outro cuidado importante é a aplicação de Flúor nos dentes a cada seis meses. Dessa forma, reduzem-se as chances do paciente desenvolver doenças dentárias como a cárie. A aplicação de Flúor também pode aliviar a sensibilidade nos dentes, porque ele fecha as terminações nervosas existentes na dentina que causam o desconforto.

Como vimos neste artigo, os cuidados básicos ainda são as melhores ferramentas no combate das doenças dentárias. Portanto, não deixe de incluir esses hábitos simples à sua rotina.

Se você gostou deste artigo, siga nosso blog nas redes sociais e receba os melhores artigos sobre saúde bucal na sua timeline! Estamos no Facebook, YouTube e Instagram.

Postado em Blog por ForDent | Tags: